segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

English Version



















This blog has now an english translation at www.huenigma.wordpress.com. Come to visit us!
.

domingo, 31 de julho de 2011

uma imagem do som

  Visualização de um trecho do som do documentário.
  A imagem facilitava a localização de frequências indesejadas no som do filme.

Mix 5.1


  Mixagem 5.1 do longa-metragem HU, um filme de Pedro Urano e Joana Traub Csekö. Mixador: Damião Lopes.

Mix 5.1 of the feature doc HU ENIGMA, a film by Pedro Urano and Joana Traub Csekö. Sound mix: Damião Lopes.

sábado, 18 de dezembro de 2010

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Video de simulação da implosão

Na WEBTV da UFRJ http://www.webtv.ufrj.br/index.php?option=com_content&task=view&id=842&Itemid=9

Site da Implosão de Domingo


A UFRJ criou um site pra esclarecer detalhes da implosão de domingo próximo.
Está em http://www.ufrj.br/implosaohu/ ou clicando na imagem acima. Uma viagem.

Na foto acima, a 'Perna-Seca' é chamada pelo seu nome oficial, 'Ala Sul'.

É a 'Ala Sul' que cai no domingo.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Epílogo

fotos: Joana Traub Cseko

A demolição mecânica que separou as duas metades do HU foi concluída.

Epilogue The mechanic demolition that separated the two halves of HU has been completed.
No próximo domingo, 19 de dezembro, a 'Perna-Seca' será finalmente implodida. Estaremos lá neste dia histórico para o Rio de Janeiro e a UFRJ, filmando a queda da metade abandonada do HU.Será o fim de uma polêmica que se arrasta há mais de 50 anos.
 
Next Sunday, December 19, the Lame Legwill finally be imploded. We'll be there on this historic day for Rio de Janeiro and the UFRJ, filming the fall of the unoccupied half of the HU.  It will be the end of a controversy that has dragged on for more than 50 years.
 

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Banda Sonora

Zito e seu esquadro escolar no Steinbeck de cauda. 

A jornada agora é dupla! Enquanto a Perna-Seca é seccionada ao ritmo de um andar por semana (e nós filmamos o processo), vamos cumprindo, com grande alegria e sem nenhum tutu, o cronograma de finalização do longa-metragem ‘HU’. Terça-feira passada, dia de Nossa Senhora Aparecida, concluímos a gravação das texturas sônicas pensadas pelo músico experimental LC Csekö para compor a banda sonora do filme.
 
The journey is now double lap! While the Lame Leg is sectioned at a rate of one floor a week (and we filmed the process), we will meet with great joy and no dough the schedule for completion of the feature film 'HU'. Last Tuesday, a day of Our Lady Aparecida, we finished recording sonic textures designed by LC Csekö, experimental composer, to create the sound design of the film. 
As gravações aconteceram no espetacular Estúdio do Lago, do percussionista sinfônico Joaquim ‘Zito’ Abreu. Localizado numa chácara cercada de verde próxima a cidade de Embu, o Estúdio é um oásis de tranqüilidade a poucos quilômetros do centro da babilônia paulistana.

The recordings took place in the spectacular Estudio dos Lagos owned and managed by classical percussionist Joaquim 'Zito' Abreu. Located in a country house surrounded by luxurious gardens and bushes near the town of Embu, the studio is an oasis of tranquility just a few miles from the center of São Paulo Babylon.

Descendo os tímpanos para o estúdio na noite anterior ao início da gravação. 
  Lowering the kettledrums to the studio the night before the start of the recording sessions.
 
video
‘Tocávamos’ o filme num notebook e os dois talentosos músicos gravavam suas intervenções nada convencionais ao vivo, atentos às imagens que surgiam da pequena tela colocada sobre uma estante de partitura. O resultado foram performances lúdicas, marcadas pela surpresa e invenção.

We 'played' the movie on a laptop and two talented musicians recorded their unconventional, experimental interventions live, attentive to the images that emerged from the small screen placed on a music stand. The result was outstanding performances full of surprise and invention.
 
LC Csekö, Joana Traub, Zito e Pedro Urano ao final da gravação.

Muito obrigado, LC Csekö, Zito, Gisela, Vinicius, Ronaldo, Rose, Negão, Laica e Dolly, a rainha dos pinhões!

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Homenagem a Matta-Clark

Após mais de 30 anos de discussões a realidade finalmente se impôs: ou se demole a parte abandonada do HU, ou ela cairá sozinha. Em setembro foi iniciada a demolição mecânica que vai separar as duas metades do edifício, para, em seguida, ser executada a implosão da chamada Perna-Seca.

Homage to Matta-Clark After more than 30 years of discussion reality finally imposed itself: either demolish the unocupied part of the HU, or it will fall by itself. In September began the mechanic demolition that will separate the two halves of the building. After that the implosion of the so-called Lame Leg. 


Voltamos assim a visitar semanalmente o HU. O filme agora é outro, um curta-metragem: ‘Homenagem a Matta-Clark’. A referência à obra do artista norte-americano Gordon Matta-Clark, cujos trabalhos mais importantes são intervenções arquitetônicas como cortes, secções e subtrações feitas em edificações abandonadas, é direta. Obras como “Splitting” (1974) e Conical Intersect (1975) nos convidam à construção deste novo filme. Acompanhamos, estupefatos, a metamorfose de um prédio

We thus return to visit weekly the HU. The film is now is another one, a short film, "Tribute to Matta-Clark." The reference to the work of American artist Gordon Matta-Clark, whose most important works are architectural interventions such as cuts, sections and subtractions made in abandoned buildings, is straightforward. Works such as "Splitting" (1974) and "Conical Intersect" (1975) invite us to build this new film. We follow with amazement, the metamorphosis of a building.


domingo, 25 de julho de 2010

MEC e UFRJ anunciam demolição da Perna-Seca!

É o que diz a matéria de Aline Duraes publicada na edição 303 do boletim interno da UFRJ.

UFRJ e MEC decidem construir novo hospital universitário

“Não resta alternativa a não ser a demolição da parte abandonada do complexo”. É assim que o Ministério da Educação, através de nota divulgada à imprensa por meio de sua Assessoria de Comunicação Social, divulga o destino da “perna seca” do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF) da UFRJ.

Na nota, o órgão enfatiza que a parte aproveitável da edificação continuará a ser utilizada para atividades acadêmicas, mas antecipa que está discutindo, junto à UFRJ, a construção de um novo edifício para abrigar o hospital universitário. “Nossa população tinha a expectativa de que a ‘perna seca’ do HU fosse recuperada. Mas a manutenção e a reforma do prédio custariam mais do que construir um novo hospital”, explica José Marcus Eulálio, diretor geral do HUCFF.

Segundo José Marcus, a demolição começará o mais rápido possível e a previsão é de que, no início de 2011, o processo já esteja concluído. Em um primeiro momento, haverá a desconexão entre a parte desocupada e a área ativa do hospital. Pretende-se deixar um espaço de 200 metros entre os dois prédios. Depois de separada do restante do HU, a “perna seca” será, finalmente, implodida.

O novo hospital, segundo decisão de uma comissão formada por membros da Reitoria e do HUCFF e por arquitetos, abrangerá parte do terreno atualmente ocupado pela “perna seca” e parte do campo de futebol. “Vamos fazer o impossível para que, durante o período de demolição, o atendimento a nossos pacientes, na área ativa do HU, seja normal”, afirma José Marcus.

Tremor e ruído

A discussão acerca do destino da “perna seca” do HUCFF ganhou força depois da madrugada do dia 21 de junho, quando funcionários ouviram ruídos e sentiram um rápido tremor no prédio. A Direção Geral do HU, técnicos da área de Engenharia da UFRJ e membros da Defesa Civil do Rio de Janeiro inspecionaram a área e constataram abalo estrutural em dois dos pilares que sustentam a parte desocupada do edifício.

Imediatamente, a direção do HU suspendeu as atividades do hospital e iniciou obras de recuperação estrutural dos pilares afetados. Uma semana depois, o órgão estava funcionando normalmente, mas o episódio chamou a atenção da comunidade universitária para a necessidade do debate acerca da “perna seca” do HUCFF.

Já naquela ocasião, o pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento (PR-3) da UFRJ, Carlos Levi, admitiu que a universidade cogitava a ideia de demolir a “perna seca”. “A gente vai se debruçar na análise das alternativas para essa área. Vamos considerar a possibilidade de demoli-la”, disse.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

HU na abertura da Novembro Arte Contemporânea


Conforme anunciado aqui no blog, no último dia 29 de novembro houve a abertura da galeria Novembro Arte Contemporânea, em São Paulo. Nosso HU faz parte da coletiva, que fica exposta até final de janeiro de 2010. Ficamos todos muito felizes de comprovar que o filme funciona muito bem pendurado à parede: não foram poucos os capturados pelas imagensons que vinham daquele cantinho escuro da galeria!


Lá no fundo do quadro, o cantinho escuro onde o HU é exibido diariamente em loop. A Galeria Novembro Arte Contemporânea fica na Avenida Dr Arnaldo, 138.

sábado, 28 de novembro de 2009

HU na TV aberta!

Amanhã, quinta-feira 3/12, às 23h00 (TV BRASIL), tem início a transmissão do HU na TV aberta! O filme passa duas vezes, em diferentes horários, em cada canal da rede de TVs públicas e educativas. Publiquei na coluna ao lado as datas e horários de cada exibição do filme. Fica então o convite: assistam e enviem seus comentários aqui para o blog ou por email para enigma_hu@yahoogrupos.com.br.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

HU é lançado no circuito das artes visuais!

A convite do galerista Ronaldo Grossman, o filme HU fará parte da exposição coletiva que inaugura o novo endereço da Galeria Novembro, dia 28 de novembro, em São Paulo. O filme ficará exposto numa TV de plasma pendurada à parede. Ao que parece, nosso querido documentário acaba de ser reconhecido como obra de arte.

No domingo seguinte, dia 29, é o lançamento na TV BRASIL e demais emissoras públicas do país.
Ou seja, sábado o filme invade o circuito das artes visuais e domingo ele estréia na televisão aberta! Já não há como negar sua natureza híbrida. Que venha logo a versão longa-metragem para festivais e circuito comercial de salas de cinema!

A Galeria Novembro fica na Avenida Doutor Arnaldo, 138 | Pacaembu | São Paulo.
A vernissage acontece no sábado 28 de novembro às 16h.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Cinema de verdade


Foi uma noite incrível. Mais de trezentas pessoas lotaram as salas 3 e 4 do Arteplex da Praia de Botafogo na última quinta-feira para assistir ao documentário ‘HU’ (a foto acima é do debate!). A projeção digital estava belíssima (obrigado, RAIN!) e o debate após a sessão foi ‘quente’ como esperávamos. A mesa composta pelos diretores do filme e por Roberto Segre (crítico de arquitetura), Consuelo Lins (professora da Escola de Comunicação) e pela artista visual Rosângela Rennó não desperdiçou a oportunidade de discutir, por pouco mais de uma hora, o filme, o HU, o país. Ela contou ainda com a contribuição de inúmeras participações do público, já que muitos permaneceram na sala para a ‘conversa’ após a projeção. Destaque para as intervenções do Dr. Alexandre Cardoso, atual diretor do HUCFF, do engenheiro Jairo Villas-Boas, ex-diretor da divisão de engenharia do hospital e da professora e arquiteta Margareth Pereira. Todos estes ‘participantes’ do filme que não se fizeram de rogados, pediram a palavra e continuaram e desenvolveram, ali mesmo na sala de cinema, a discussão iniciada no documentário: o filme não se esgotou na tela e, naquela noite, reverberou em muitos dos presentes à sessão. Muito obrigado a todos.


Nas fotos abaixo, as intervenções do Dr. Alexandre Cardoso e da prof. Margareth Pereira.